É importante registrar sua obra literária antes mesmo de enviar para avaliação de editoras. É o velho ditado: Melhor garantir do que remediar. O registro garante a segurança jurídica de sua obra literária.

Um outro meio de proteger sua história, apesar de não ser tão eficaz - alguns juízes podem não aceitar ou o lacre pode se desfazer - é enviar a história bem lacrada para você mesmo pelo correio e guardá-la sem abrir (só abra na frente do juiz). Se alguém registrar no seu lugar depois, você tem como provar que naquela data, você já tinha conhecimento da obra.